Como nortear seu caminho na dança 


Regras básicas de conduta


Um dos fatores principais para seu crescimento no mercado de dança árabe está ligado ao seu comportamento.
Algumas regras são essenciais e determinantes na sua trajetória.

Descrição Regra
Regra no. 1 "Nunca pergunte à quem ensina: O que acha de Fulana de Tal?" 
A profissional que está a sua frente fica numa situação delicada e desnecessária. O ideal é que você tenha a oportunidade de formar sua opinião através de experiência própria. Invista seu tempo e dinheiro e descubra por si mesma quem merece seu respeito e dedicação.
Regra no. 2 "Desconfie de boatos maldosos sempre."
Boatos tem uma tendência de proliferação absurda.  Acontecem em todos os mercados e no de dança do ventre não é diferente. Longas novelas se formam e prejudicam inúmeras pessoas sem um fundo de verdade.  Não se deixe levar por isso, sempre mantenha em suas mãos o poder de decidir sobre onde ir e onde focalizar sua energia  Siga sua intuição e alerte sua sensibilidade, ambas serão necessárias e úteis no caminho do conhecimento.
Regra no. 3 "Mantenha-se aberta às observações de sua professora."
Não há motivos para ter aulas com alguém se não confia em suas observações. Sua professora deve ser seu guia durante o tempo que julgar necessário, se ela não lhe inspira, mude.  Esteja preparada para ouvir críticas.  Nem sempre as palavras que virão são aquelas que você espera, portanto tenha a certeza de que elas vem de uma fonte honesta e clara.
Regra no. 4 "Conheça o maior número de profissionais possível."
Se sua intenção é se profissionalizar, é necessário investir muito mais do que o seria sendo apenas uma aluna que aprecia a dança. Esteja preparada para assistir a muitos dos workshops que forem apresentados em sua cidade.  Prepare-se para eles com antecedência. Através desses contatos descobrirá sua fonte inspiradora e enriquecerá seu repertório de movimentos, criando inúmeras possibilidades em cena. A observação pura e simples é ótima fonte para aprendizado. DVDs auxiliam no desenvolvimento.  Evidente que nada substitui o fator humano. Em todas as áreas é necessária atualização constante. Nunca pare.
Regra no. 5 "Cada pessoa nova em seu caminho merece seu respeito até provar o contrário."
Todas as pessoas que surgem em nossa vida tem seu percentual de positivismo.  Não importa a contribuição: algumas abrem muitos caminhos; outras mostram exatamente o caminho que não devemos trilhar. Em tudo, sempre existe algo novo.  O ideal é livrar-se de PRÉ-conceitos.  Suas conclusões são só suas. Este é um dos grandes segredos do sucesso.  Não seja você a mensageira da agonia, a que difama e que emite opiniões negativas sobre todos.  Eis aqui o melhor caminho para você decair em curto espaço de tempo.
Regra no. 6 "Respeite o tempo e a experiência de quem já estava aqui antes de você."
Se você começou hoje e conhece uma bailarina que já atua no mercado há mais tempo, respeite-a mesmo pela pequena diferença no aprendizado. Todos nós ansiamos por reconhecimento na vida, o tempo todo;  respeitando o outro você cria um espaço de respeito para si mesma no futuro.  A partir do momento que você começa a denegrir o trabalho de alguém que atua na mesma área é sinal que sua humildade está se evaporando.
Regra no. 7 "Reconheça a primeira pessoa que lhe ensinou."
Todos temos e precisamos de nossos mentores.  O desenvolvimento só vem através de pessoas para pessoas.  Ninguém aprende sozinho neste mercado.
Regra no. 8 "A hierarquia é necessária , sempre temos uma origem que determina nossa raiz e nossos frutos." 
Respeite antes de tudo aquelas que vieram antes de você. Jamais queira denegrir o trabalho de ninguém que um dia lhe inspirou.  Mesmo que com o passar do tempo, a filosofia desta pessoa não lhe diga mais nada.  Um dia, valeu!  Lembre-se sempre disso. Estando num ambiente misto onde diversos grupos se encontram, seja cordial com todas as pessoas mas sem excesso de intimidade com aquelas que não fazem parte de seu círculo próximo de amizade.
Regra no. 9 "Inspire-se em alguém."
 Todos precisamos de inspiração, escolha a sua. Uma bailarina a qual admire muito pode ser um bom guia no início e quem sabe no futuro uma fonte segura para tirar suas dúvidas e receber dicas honestas e esclarecedoras.  Tire o que de melhor existe nas pessoas para sempre melhorar a si mesma.
Regra no. 10 "Respeite a si mesma e nunca contrarie suas convicções em troca de apenas 15 minutos de glória."
 Cuide de seus princípios, afinal nossas idéias e crenças são o tesouro que ninguém pode roubar. Guarde sua vida pessoal e separe-a do mundo da dança, tudo em seu lugar e você terá menor probabilidade de problemas no futuro. Aja de acordo com sua intuição e verdade individual, acredite em seus propósitos e seja honesta com aqueles que te procuram. Acima de tudo seja honesta consigo mesma.  Nunca troque uma boa amizade para se tornar uma celebridade por 15 minutos que seja.
Regra no. 11 "Respeite a dança em sua essência."
A dança, por onde passa assimila suas modificações em cada país, mas é necessário respeitar as condições culturais.  Exageros e descaracterizações não devem ser responsabilidade sua.  Com o passar dos anos de estudo você perceberá exatamente o valor destas palavras.
Regra no. 12 "Respeite as pessoas que te cercam... sempre"
Esta é uma regra que vale para tudo. O melhor termômetro para perceber se você realmente tem respeito pelas pessoas é observar o quanto de dificuldades e problemas você tem em seus relacionamentos. Quando uma situação ocorre uma vez é plausível de correção.  Quando se torna recorrente, é sinal que o erro está em você.

Jorge Sabongi - Fev/2001
Revisado em Setembro/2008

 

Copyright ©2008 Jorge Sabongi-Brasil. Todos os direitos reservados.