Mapas do Egito

Mapas do Egito - 03
 Apresentamos nestas novas páginas de MAPAS DO EGITO uma gama de estudos para você entender e se localizar melhor neste país que remonta uma história desde 3800 a.C. - tudo visto de cima!

Nestes primeiros mapas veremos sua localização e principais cidades hoje e na Antiguidade.

PIRÂMIDES DO EGITO

Existem no Egito atual mais de 100 pirâmides, em sua maioria reduzidas a montículos de pedras. As pirâmides eram edifícios funerários de antigos faraós.  No mapa acima vemos a localização de algumas delas próximas ao Cairo (Menfis).

Uma das maiores dúvidas arquitetônicas da humanidade reside no fato de como eram feitas as construções destes monumentos.

O que existem são suposições.  Você irá encontrar dezenas de teorias possíveis.

Como era possível elevar blocos de pedra maciça em tantos patamares e alinha-los perfeitamente uns sobre os outros?

Quantos homens seriam necessários para erguer monumentos como este?

A verdade é que as pirâmides sofreram evoluções ao longo dos séculos em suas construções.  Primeiramente, começaram a construir em degraus (chamados mastabas); a pirâmide acima é a de Sakkara - a nordeste da Cidade de Mênfis, feita para o faraó Djoser (pelo arquiteto Inhotep), e, considerada por muitos egiptólogos como a primeira de todas.  Sua idade?  Acredita-se 2.700 a.C.

Outras mais foram construídas, obedecendo diversas formas.

Hoje em dia no Egito, existe todo um esquema de segurança com as pirâmides existentes.  Muitas delas localizam-se no deserto e podem ser vistas apenas de binóculo. 

Apenas as três principais (Queóps, Quéfren e Miquerinos - localizadas na Giza) e a Pirâmide de Sakkara são abertas para visitação.  Abertas em termos: são protegidas por correntes e seguranças, não se pode escalar nem se aproximar delas.  Existe uma possibilidade de visitação por dentro da de Kéfren. 

Você entra aproximadamente uns 40 metros, através de um corredor estreito e baixo, para chegar a um quarto fechado e voltar para trás.  Muitos que não possuem claustrofobia conseguem realizar este passeio e acha-lo extremamente emocionante.

Queóps, Quéfren e Miquerinos (abaixo)

Vistas de cima, é perceptível como a vida urbana cada vez mais invade o espaço próximo a elas.  Por ser um país extremamente seco, chove pouco no Egito.  Esse é um dos principais motivos pelos quais muitos monumentos permanecem e sofreram pouco com a erosão.

No mapa acima vemos toda a especificação na região das Pirâmides.


Repare a distância que existe entre elas.  Não são tão próximas assim quando se está a pé. 

 

Uma das características mais interessantes é a parte interna dessas pirâmides.  Apenas corredores que levam a câmaras funerárias.

O mais curioso é que no seu interior não se encontra nenhuma inscrição em contraste com as outras edificações egípcias, que são ricas em inscrições.
 


Acima uma comparação da Pirâmide de Queópas (a maior de todas), com monumentos de outros países.  Abaixo temos as medidas de cada uma.  A Pirâmide de Quéops originalmente tinha 146 metros de altura.  Atualmente tem 137 metros.
 

Nesta foto da Nasa podemos observar como a Cidade do Cairo se aproxima das Pirâmides.  Clique na foto para ampliar e ver melhor.
 

Pirâmide de Queóps: o monumento mais pesado já construído pelo homem.  Aproximadamente 2,3 milhões de blocos de rocha, cada um com 2,5 toneladas em 146 metros de altura.

A pergunta chave é... "Como puderam alinhar tão perfeitamente milhares de blocos, extremamente pesados e de diferentes formatos de maneira tão perfeita?"

Esta é uma dúvida a qual procuramos a resposta há cinco milênios.
 

Mapas do Egito (veja também...)

O Egito Luxor - A Cidade dos Monumentos Pirâmides Canal de Suez
Rio Nilo Templo de Ísis (Philae) Alexandria Cairo
   
Abu Simbel Sharm el Sheikh    


Jorge Sabongi

   Retornar ao site Khan el Khalili