À você que estuda para a Pré-Seleção, as nossas boas vindas!


Vamos falar das músicas para o exame da banca:

É importante você compreender desde já, que um exame como este, preparado durante quase um ano (fora o seu tempo de estudos anterior), requer bom conhecimento de músicas árabes.

Tenha em mente que para ser uma bailarina profissional de alto nível, seu ouvido deve estar apurado com relação ao andamento das músicas, sua instrumentação, arranjos, equilíbrio sonoro, estilos e normas de procedimento em cada um deles, familiarização com as flutuações de humor, aberturas e finalizações, taksimm, solos de percussão, estilos folclóricos, tempo de cena necessário para causar o impacto desejado e muito mais.

 Através do que as músicas solicitam, você irá determinar seu nível técnico e seus conhecimentos em dança oriental.

As apresentações na Khan el Khalili não são coreografadas.  Todas dançam de improviso desde o início.  Isso treina diversos pontos no que diz respeito a emoção do momento e favorece o improviso, sempre com movimentos e seqüências surpreendentes.  Para a bailarina, não tem a questão maçante de fazer sempre os mesmos passos.

A partir de 2008 portanto, as apresentações para a banca passam a ser exatamente o que é o estilo da Casa: improviso através do conhecimento da música árabe.

Para tal, indicamos abaixo uma relação de CDs específicos, os quais contém obras musicais que vão favorecer seu desempenho em cena e principalmente seus estudos futuramente.  As músicas escolhidas para a banca são sempre clássicas - de 7 a 12 minutos.

Com este arsenal de músicas, você já dará bons passos, mas não pare por aí.  A relação tende a aumentar sempre em função dos lançamentos de mercado.  Elas são sugestões para um bom início.

Lembre-se do seguinte: mesmo não conhecendo uma música árabe clássica, se você tem boa técnica e conhecimento de como ela transcorre, será previsível fazer a leitura musical e improvisar com tranqüilidade; erros podem acontecer: a banca tem ciência disso; a partir de um certo tempo de estudo contínuo (evidentemente e com boa orientação), o corpo responde de forma equilibrada aos estímulos gerados pela música.

Alguns dos CDs sugeridos para estudos:

Coleção Kelly Lacerda (TODOS) - veja no Facebook

Mohamed El Soultan - Vol. 1

Hossam Ramzy - Fadah
Wash Ya Wash -Vols. 1, 2, 3, 4, 5, 6 e 7
Setrak (todos depois de Setrak & Hanini)
Hamada
Souhair Zaki - Aswan Dances
Jalilah's Raks Sharki - Vol. 1, 2, 3, 5, 6
Samara Al Nil - Dalaa El Helween
Rakia Hassan (todos)
Sahra Al Saeda
George Abdo (todos)
Série Belly Dance - Music for an Oriental Dance - Vol. 1,2,3,4,5 (Grécia)
The Best of  Nagwa Fowad
Haissan Salah-Edine
Hassan Abou Seoud - Nagwa Fowad
Série Belly Dance (França)
Milenium
Arabesque Dance Company
Layali Zaman
Amany (todos)
Balady Fantasy (todos os 12)

Muitos outros títulos serão acrescentados.

Achamos conveniente informar alguns pontos importantes:

1) Habitue-se a comprar CDs originais.  CDs piratas não são lidos igualmente em todos os aparelhos, sem contar que pela forma como são gravados (em alta velocidade), forçam equipamentos e danificam seu som.  Evite utilizar CDs piratas em suas apresentações.  Lembre-se deste ditado: "Em sua casa pode tocar, mas em seu show, uma hora vai falhar!"

2) Comece a pesquisar sobre o que existe no mercado.  Para facilitar, oferecemos abaixo, alguns links no exterior para você fazer sua iniciação e eventualmente suas compras.  Todas as vezes que procurar em site de busca, veja por BELLY DANCE:

Novidades em CDs para dança (compras pela Internet)

http://www.rashid.com/enter.asp

www.maqam.com 

https://www.pekorecords.com/

(procure por belly dance onde se lê: "Search our site"

3) Procure pela Internet, vasculhe tudo, e tenha a certeza que nem sempre vai comprar coisas de boa qualidade ou aquilo que espera.  Faz parte do contexto de pesquisa, que você tem que empreender em sua jornada como bailarina.  Lembre-se que o optar pelo mais simples e prático, acaba saindo caro!  

4) Ao escolher suas musicas, procure algo que lhe ofereça riqueza em variações e momentos de surpresa.  O elemento desconhecido dentro da música para dança, envolve a platéia e favorece sua apresentação.  Repare que existem músicas, com o tempo de 7 minutos ou mais, que ficam numa mesma batida do começo ao fim.  Não favorecem o crescimento de sua dança, nem de seus movimentos.  Enfim, sua apresentação com certeza será uma monotonia.   Portanto, encontre e estude músicas que tenham abertura, boas variações na parte central e grandes finalizações.

5) A qualidade sonora é fundamental!  Sem ela, não existe o encanto!  Portanto, observe e tenha o cuidado de escolher em CDs para os seus shows, músicas que tenham equilíbrio de graves, médios e agudos.  Qualquer saturação em algum destes três níveis, compromete a audição da platéia.

6) Opte pelo "melhor" e pelo que lhe oferece mais possibilidades.  As vezes, uma música pode parecer boa porque é fácil e tem exatamente 7 minutos cravados, ou quase isso.  Músicas boas tem que ter "momentos interessantes".

7) Não coreografe suas seqüências.  Acostume-se a dar de improviso o que a música pede e o que você sente com relação à ela no momento da dança.  Veja como ela mexe com você!  Se seu nível técnico é acima da média, conseguirá sair-se bem e causará bons efeitos.

8) Estude boa diversidade de passos e elaborações de seqüências, e faça-os com naturalidade!  Enriqueça sempre seu "repertório de movimentos".  Uma música clássica grandiosa pede movimentos "enriquecidos" ... e não básicos.  

É nas músicas desse tipo, que se conhece o nível técnico das grandes bailarinas.

Jorge Sabongi